Síndrome de Sjögren

Quais os sintomas?

As principais manifestações da doença são as queixas secas – falta de saliva e lágrima – presentes em todos os doentes em maior ou menor intensidade. Para além destas queixas,  muitos doentes têm envolvimento extra-glandular, que pode ir desde as manifestações cutâneas (pele seca, manchas e outras lesões na pele) ou articulares (dores articulares, por vezes com inchaço), muito frequentes, até formas mais raras e graves de envolvimento de vários orgãos. Contudo, apesar da grande variedade de sintomas possíveis, a maioria dos doentes não tem envolvimento grave de órgão major (p.e. rim, pulmão ou fígado) e o controlo da doença é conseguido com sucesso.

A falta de saliva pode levar a problemas dentários graves (cáries), dificuldade em mastigar ou engolir, alteração do paladar, entre outros. A falta de lágrima leva a olho seco, com sensação de areia nos olhos frequente, e pode originar úlceras da córnea potencialmente graves. Outros sintomas comuns incluem a fadiga/cansaço, muitas vezes incapacitante e inexplicável, que não melhora com o repouso, as dores articulares, por vezes com inchaço (artrite), e a secura da pele ou vagina. Outros sintomas como formigueiros, falta de sensibilidade, fenómeno de Raynaud (mudança de cor dos dedos das mãos e pés com o frio), perda de peso, entre outros, são mais raros e podem acontecer em alguns casos com atingimento de outros órgãos e sistemas.

Seguinte >