Miosites

Como é estabelecido o diagnóstico?

Para estabelecer o diagnóstico apropriado, o seu médico começará por avaliar as características e a duração dos seus sintomas. Seguidamente irá testar a sua força muscular, de forma determinar se esta está diminuída e quais os grupos musculares afetados.

Para confirmar uma suspeita de miopatia inflamatória, o seu médico poderá recomendar a realização dos seguintes exames:

- Análises sanguíneas: permitem determinar se há valores elevados de substâncias que indicam dano muscular. Poderá também ser determinada a presença de autoanticorpos, que podem ajudar a prever as manifestações e a perceber a gravidade da doença.

- Radiografia de tórax: este teste poderá ser utilizado para avaliar uma suspeita de envolvimento pulmonar. Caso existam alterações, poderá ser necessário realizar outros exames médicos.

- Eletromiograma: este exame consiste na introdução de agulhas ao nível dos músculos, que estão ligadas a sensores elétricos. O médico que efetua o exame irá pedir-lhe que contraia e relaxe os músculos avaliados. A atividade elétrica gerada durante os seus movimentos será registada pelo aparelho e será interpretada pelo médico. Alterações no padrão de atividade elétrica podem confirmar a presença de doença muscular;

- Ressonância magnética: um método que utiliza um forte campo electromagnético e ondas de rádio para criar imagens detalhadas do interior do nosso organismo. Permite avaliar a presença de inflamação e a perda de massa muscular em vários grupos musculares;

- Biópsia muscular/da pele: consiste na remoção cirúrgica de um pequeno fragmento de músculo ou da pele, depois analisado ao microscópio. As alterações verificadas a nível dos tecidos biopsados confirmam a presença de inflamação do músculo ou de outras doenças musculares/cutâneas.

Existem outras causas de doença muscular: algumas infecções, efeitos secundários de medicamentos, alterações dos níveis de minerais no sangue (por exemplo, cálcio, potássio ou magnésio), doenças endócrinas (por exemplo, da tiróide) ou doenças hereditárias que afectem o funcionamento dos músculos ou do sistema nervoso. Há ainda outras doenças que podem originar a sensação de fraqueza muscular, mas na realidade estes sintomas devem-se a cansaço, falta de ar ou à presença de depressão.

Seguinte >